Postagem em destaque

LINHA STAR WARS DA IRON STUDIOS

Fundada em 2010 a empresa IRON STUDIOS é a primeira no Brasil a focar 100% dos seus trabalhos em produtos para colecionadores. No...

11 de agosto de 2015

Você conhece materiais e produção de itens colecionáveis?

O que vc sabe sobre materiais empregados em peças colecionáveis?
Vamos falar um pouco sobre os materiais comumente utilizados para a confecção de itens colecionáveis e suas propriedades, vinil, Polystone, PVC e ABS.

Não existe um material perfeito ou ideal, cada material tem propriedades diferentes com vantagens ou desvantagens, indicações e contra-indicações, sendo mais indicado para cada tipo de processo e produto.
Mesmo assim, cada peça independente do material utilizado poderá ter uma característica diferente dependendo de como foi preparado quimicamente (mistura e proporção).



Vinil

É um material mais dúctil (deforma sem se quebrar) mais flexivel e maleável e absorve pequenos impactos.
O vinil sofre muita influência do tempo,  deforma facilmente sobre uma temperatura um pouco acima do normal, mas em contra partida, é mais resistente a quebra. Pode ser usado através de injeção, por rotomoldagem ou sloush ( similar a roto, porém o molde não rotaciona, fica inerte).
Aceita pintura específica com tinta vinilica, pode ate ser pintado com outras tintas, mas a melhor aderência é a vinilica, assim como também podem ser aplicados corantes durante a preparação do material.

O custo não é alto, no que diz respeito ao material, mas dependendo do processo o molde pode chegar ao valor de um carro ou uma casa.

É um material mais leve, mas sendo utilizado para estatuas, pode dar a sensação de ser um "boneco", e não uma estátua.

Em termos de volume, a produção, montagem e acabamento são mais rápidos do que o polystone, além de ser um processo mais "limpo".

Porem, dependendo do personagem e da pose, para viabilizar a produção, a peça deve ser dividida em mais partes, e isso implica em mais encaixes e emendas, Que no caso do vinil, vc nao tem como dar o mesmo acabamento como no polystone, escondendo as imperfeições e emendas.

Depois de um tempo, qualquer material usado pra cobrir a marca da emenda, acaba soltando, na maioria dos casos, mas mesmo assim  existem vários fatores determinantes

Dependendo da mistura, da fórmula, com o passar do tempo, o vinil tende a ressecar, ficando mais duro e podendo até craquelar, ou ficando com aquele aspecto brilhante e pegajoso,  ou ainda ficando bem rígido,  o que é chamado de " massa seca".

Vantagens: mais resistente a impactos, mais maleável, menor custo.
Desvantagens: sofre alterações do tempo, deformam com o tempo e podem se deteriorar (aparência grudenta, ressecamento ou rachaduras).
Indicação: estátuas e bonecos em geral, figuras de ação.



Polystone

O Polystone é um tipo de resina, existindo dois tipos principais, de alta e baixa densidade, sendo o de alta mais utilizado para as estátuas.
É um material que oferece boa resistência à umidade e temperatura, e tem também boa rigidez.

Ele distorce somente a cerca de 80 graus Celsius, não é tão dúctil, mas é mais leve que a água, e pode ser moldado, usinado e unido utilizando solda (difícil de colar). Também é um termoplástico, o que significa que pode ser aquecido e resfriado e reformulado.
É fácil de moldar e bastante durável, tem maior resistência ao calor e rigidez, tem menos indice de distorção ou deformação.

Ao contrário de PVC e Vinil, que é mais dúctil, o Polystone pode se quebrar ao receber impactos, devido à maior rigidez, sendo mais friável.

É um material utilizado largamente na fabricação de esculturas, tem um peso significativo e uma sensação de "porcelana" ao toque, além de uma incrível capacidade de captar detalhes, tornando-se um material insuperável na fabricação de colecionáveis.

Basicamente é um composto constituído de resina de poliéster misturado com aditivos de carga mineral (Ex:calcita ou talco industrial), que acrescentam o peso e a sensação de porcelana.

Ao contrário de porcelana que é cozida num forno, o Polystone é produzido através de uma mistura entre dois líquidos, que quando pronto forma um composto plástico resistente, essa mistura provoca uma reação química que gera calor (reação exotérmica), em alguns casos quanto mais carga se utiliza na mistura, mais ela ira retardar a cura, sendo necessário adicionar um acelerador para tornar a reação de calor mais intensa, fazendo com que a resina endureça, porém se usando em excesso, a resina pode trincar, ficando a uma temperatura tão elevada, que torna impossível o toque com as mãos, dependendo da qualidade do molde de silicone, ela chega a grudar no molde tornando ele inutilizável.

Durante o acabamento podem ser utilizadas mais variações de tipos de tinta para o acabamento.

Vantagens: permite melhor acabamento, fidelidade de detalhes, mais resistente a alterações do tempo, maior estabilidade dimensional.
Desvantagens: mais frágil (não resiste a quedas) e maior custo
Indicações: estátuas e prop réplicas.



Policloreto de Vinila (PVC)

O PVC é um dos plásticos mais comuns utilizados.
Após um período de tempo, o material pode apresentar uma superfície oleosa, esta é também a razão do PVC ficar quebradiço, com baixa qualidade e mais frágil ao longo tempo.

É empregado na fabricação de figuras como Gashapons, até figuras de ação 1/6.
Como o custo do material é baixo, é fácil de moldar, possuí uma boa ductilidade.

A recomendação é de nunca deixá-los ao sol. já que os raios ultravioleta podem decompor e entortar o material em temperaturas de até 60 graus.
Como é um termoplástico, ele tem a capacidade de ser moldado quando aquecido e ter essa forma fixada quando resfriado.
Posem ser aplicados corantes durante a preparação do material

Vantagens: mais resistente a impactos, mais maleável e baixo custo
Desvantagens: sofre alterações do tempo e podem se deteriorar em altas temperaturas ou luz solar, deformam.
Indicação: Gashapons e figuras de ação.






ABS (Acrilonitrila butadieno estireno)

O ABS é comumente utilizado para as bases de figuras como também nos blocos de LEGO, tem  boa resistência ao impacto mas não é flexível, sendo mas rígido. Essas propriedades mais a superfície brilhante tornam um material adequado para as bases de figuras. Curiosamente, ao contrário dos anteriores, o ABS não é um composto, mas apenas uma mistura de três tipos de plástico.

ABS é mais caro que o PVC e é ligeiramente mais leve também, tem uma temperatura mais elevada distorção (75 graus). Suas são facilmente modificadas pela variação das proporções de seus componentes durante a mistura e preparação do material.

Vantagens: mais resistente a impactos
Desvantagens: pouco flexível, mais leve e mais caro que o PVC
Indicação: figuras de ação e brinquedos em geral


Conclusão: não existe o material perfeito, mas cada um tem características que podem ser aproveitadas dependendo do tipo de produto final que se deseja (peças de luxo, realísticas).
Se você pretende investir em uma peça mais cara você também terá que investir em um espaço legal para expor e acondicionar com segurança o seu item que querendo ou não também é um investimento, que proteja tanto de impactos ou quedas, assim como também dos danos causados pelo ambiente (umidade, temperatura e luz), se você vai comprar uma Ferrari, não basta compra-la, você vai precisar ter também um local adequado para guarda-la e para a sua manutenção, não adianta comprar uma Ferrari para deixa-la na chuva.

As estátuas também são consideradas obras de arte, além de serem nossas preciosidades, as vezes produzidas em numero limitado e muitas delas pintadas a mão e que podem  sofrer danos irreversíveis.


Por: Rodrigo Moreno e Ricardo Zacariotti

Ricardo Zacariotti, lozaca@gmail.com

1 comentários:

Postar um comentário

Alianças

Blades CJSP CJSP Star Wars BR The Rebel Legion